sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Vídeos Time-Lapse no Android

Com um celular Android (como o LG Optimus One P500 que eu já analisei por aqui) é possível fazer vídeos em time-lapse, vídeos no qual o intervalo entre cada frame é longo.
O efeito é bastante legal e você só precisará de algumas coisas simples:
  • App para capturar os frames (fotos): existem vários apps disponíveis, o Lapse It Pro (R$4,00) é sem dúvida nenhuma um dos mais completos, permitindo inclusive gerar o vídeo no próprio celular. No entanto, ele travou algumas vezes comigo, me fazendo perder algumas horas de fotos. Por isso recomendo o Tina Time-lapse (gratuito).
  • Software para gerar o vídeo a partir das fotos e codec de vídeo: recomendo o PhotoLapse e o XviD (instale o XviD antes, ele só será usado na última etapa).
  • Bastante espaço disponível no cartão SD do seu celular
  • Tripé ou alguma outra coisa que deixe o celular totalmente imóvel (eu fiz um suporte com Lego)

 Criando o vídeo em time-lapse

  1. Instale o aplicativo Tina Time-lapse, regule a resolução (quanto maior mais espaço será necessário e menos frames poderão ser capturados) e o intervalo de captura. Recomendo deixar entre 5 e 20 segundos.
  2. Fixe seu celular em algum lugar e deixe o programa rodar por algumas horas (o app funciona mesmo com a tela desligada).
  3. Após finalizar, conecte o celular ao computador, vá até TinaTime-lapse (no cartão SD). Nelas estão as imagens que serão usadas para fazer o vídeo.
  4. Utilizando o PhotoLapse, selecione a pasta com as imagens e carregue-as. É possível desmarcar frames que você não quer.
  5.  Em "FPS" você define quantos frames por segundo terá o vídeo, recomendo deixar entre 20 ou 30
  6. Clique em "Create Movie", selecione onde o arquivo será salvo e escolha XviD MPEG-4 Codec como compactador.
 Algumas considerações:
  • As únicas duas coisas que limitarão a quantidade de frames que você poderá usar são a bateria e o espaço disponível no cartão SD. Por isso, recomendo que você deixe seu celular conectado no carregador e libere o máximo possível de espaço;
  • Não utilize intervalos de captura muito pequenos, pois o celular não consegue bater fotos tão rápido;
  • Varie tanto os intervalos de captura como o FPS para obter resultados diferente;
Nos meus testes, imagens com a resolução 1280x720 ficam com um tamanho de 0,4 MB. Ou seja, na teoria dá pra tirar mais de 7.000 frames utilizando menos de 3 GB. Com um intervalo de 8 segundos, dá criar um vídeo em time-lapse feito a partir de 15 horas de imagens!

Um dos primeiros vídeos em Time-Lapse que eu fiz:
 Algumas informações sobre ele:
  • 1.567 fotos em resolução 2048x1536, totalizando 2,33 GB
  • 8 segundos de intervalo de captura, num total de mais de 3 horas de captura
  • Música obtida do site http://incompetech.com
  • Editado com o VideoPad
  • Codec utilizado: XviD
  • 20 fps

sábado, 14 de abril de 2012

A Conspiração da Lâmpada - Documentário sobre Obsolência Programada

A Conspiração da Lâmpada é um documentário de 2010 que fala sobre a obsolência programada, uma tendência da indústria em produzir produtos que funcionem apenas por um período reduzido de tempo, inferior ao que a tecnologia atual pode oferecer. Como exemplo, as lâmpadas atuais duram em torno de 1.000 horas, quando poderiam durar mais de 25.000.

quinta-feira, 12 de abril de 2012

A História das Coisas - Documentário sobre produção, consumo e descarte

A História das Coisas é um documentário de vinte minutos que fala da extração e produção até o descarte dos produtos que usamos em nossa vida e o impacto que essas coisas causam ao meio ambiente, às comunidades e às pessoas que vivem nelas.

segunda-feira, 19 de março de 2012

Progressão Aritmética e Triângulos: Descobrindo a hipotenusa de um triângulo retângulo com seus lados em P.A.

Hoje na prova de matemática sobre Progressões Aritméticas (PA) e Progressões Geométricas (PG) tivemos um exercício envolvendo geometria plana e P.A. bastante interessante que era mais ou menos assim:
Os lados de um triângulo retângulo estão em P.A.. Sabendo que a razão é 2, qual a medida da hipotenusa?
Primeiro precisamos saber a definição de um triângulo retângulo, que é aquele que possui dois lados agudos (ângulos entre 0º e 90º) e um reto (ângulo de 90º).
Nesse triângulo podemos identificar alguns elementos, entre eles os catetos, que são os lados menores, e a hipotenusa, que é o lado maior.
Triângulo retângulo e seus elementos
A propriedade dos triângulos retângulos é o teorema de Pitágoras, que diz que "o quadrado da hipotenusa é igual à soma dos quadrados dos catetos", escrito matematicamente da seguinte forma:
h² = CA² + CA²
Sabendo essas informações, vamos passar ao problema:
1 - Começando com a informação que os lados do triângulo estão em P.A. e sabendo que a hipotenusa é a maior medida, podemos concluir que:
cateto1 < cateto2 < hipotenusa 
Escrevendo isso na forma de uma P.A. obtemos:
(cateto1, cateto2, hipotenusa)

2 - Podemos escrever uma P.A. de três termos da seguinte forma:
(x-r, x, x+r)
Pois o primeiro termo é x (valor desconhecido) menos a razão, o termo médio é x e o termo seguinte é x mais a razão (x+r). Como o problema já indica que a razão é 2, ficamos com: 
 (x-2, x, x+2) 

 3 - Agora só precisamos substituir os valores da P.A. anterior no teorema de Pitágoras. Sabemos que um cateto tem o valor de (x-2), outro (x) e que a hipotenusa tem o valor de (x+2).
h² = CA² + CA²
(x+2)² =  (x-2)² + (x)² 
Para resolver essa equação, devemos utilizar o conceito de produtos notáveis:
(a+b)² = a² + 2ab + b²
(a-b)² = a² - 2ab + b²
Ou seja, fizemos o primeiro termo ao quadrado, mais o primeiro vezes o segundo vezes dois, mais o segundo termo ao quadrado. Ou subtraindo, se for o caso. Aplicando esse conceito, obtemos:
(x+2)² =  (x-2)² + (x)²  
x² + 4x + 4 = (x² - 4x + 4) + (x²)
Agora é só resolver a equação normalmente:
x² + 4x + 4 = 2x² - 4x + 4
x² - 8x = 0
Utilizando o fator comum:
x (x - 8) = 0
Com isso chegamos a resposta que x pode ser 0, ou x-8=0 e x = 8. Como estamos trabalhando com medidas, vamos ficar com o valor 8.

4 - Substituímos o valor x na P.A. que construímos no passo 2
(x-2, x, x+2)  
(8-2, 8, 8+2)
(6, 8 , 10)

Assim obtemos a P.A. (6, 8 , 10), sabendo que a hipotenusa é o terceiro termo, ou seja, mede 10.
Podemos tirar a prova real com o teorema de Pitágoras:
h² = CA² + CA²
10² = 6² + 8²
100 = 36 +64
100 = 100, a resposta está correta!

Ternas Pitagóricas:
Os números 6, 8 e 10 são conhecidos como Ternas Pitagóricas, que são números que possuem a propriedade de que um dos números elevado ao quadrado é igual a soma do quadrado dos outros dois números. Para entender mais sobre eles e até saber como se descobre tais números, eu recomendo ler o artigo As Ternas Pitagóricas, do site Só Matemática.

domingo, 11 de março de 2012

Dante's Inferno: Uma animação épica

Dante's Inferno: Uma animação épica é uma animação de 80 minutos baseado no game Dante's Inferno, lançado para XBox 360 e PS3 em 2010.
O filme conta a história de Dante, um cavaleiro que retorna das Cruzadas e descobre que o amor de sua vida, Beatrice, foi assassinada e, ao invés de descansar no paraíso, foi raptada por Lucifer e levada aos confins do Inferno. A partir disso, acompanhamos a jornada de Dante em busca de sua amada através dos Nove Círculos do Inferno: limbo, luxúria, gula, ganância, ira, heresia, violência, fraude e traição. Sendo guiado por Virgílio, famoso poeta romano, Dante deverá enfrentar seus pecados mais profundos a medida que flashes revelam o passado e os pecados que o cavaleiro cometeu em vida.
Dante e o poeta Virgílio
Marcado por bastante violência, sangue e batalhas com demônios, o filme recebeu a classificação 18 anos. No entanto, como se trata de uma animação, não chega a ser aterrorizante. Muito bem desenhado, vale a pena pela forma como os pecados são representados e pelos elementos da mitologia que são, as vezes sutilmente, espalhados pela obra, como Cérbero, o cão de três cabeças que guarda os portões do Inferno.


O filme se baseia no poema Divina Comédia de Dante Alighieri. Escrita por volta 1300, a obra é composta de três partes: Inferno, Purgatório e Paraíso. No filme contemplamos a visão do Inferno, composto por nove círculos representando nove pecados. Os primeiros círculos representam pecados mais leves e o último, a traição, o pior deles. 
Apesar de não ser fiel ao poema, é um filme interessante tanto para os que gostaram do jogo como os que querem ter uma ideia do que encontrarão ao ler a Divina Comédia.
Para os interessados no texto original de Dante Alighieri, sua obra encontra-se em domínio público e pode ser baixada na íntegra, no formato PDF, em: A Divina Comédia - Domínio Público